renata
Brasília ganha confeitaria artesanal de alta gastronomia

Transformar sonhos em realidade gastronômica é o grande diferencial de Renata Diniz Chocolatier. Com produção sob encomenda, o cliente participa da escolha dos ingredientes e até do design das “obras de arte”. “Oferecemos o que há de mais moderno e saboroso na culinária de doces, sempre aliando tendências do mercado da alta gastronomia com as preferências do cliente”, afirma Renata Diniz, que já assinou centenas de buffets para casamentos, bodas, aniversários, entre outros. A chef também é responsável por produzir as sobremesas dos almoços e jantares oferecidos pelo Itamaraty.

Premiada nos concursos mais importantes do Brasil, Renata Diniz conquistou o 1º lugar no INTERIGA São Paulo e o 3º lugar no INTERIGA Nacional – concursos realizados em 2012 pelo Instituto de Gastronomia da América, na Sociedade Hípica de Campinas (SP). Participou também do programa nacional Que seja Doce, realizado pela TV GNT, com ampla repercussão Brasil afora.

A confeitaria Renata Diniz Chocolatier possui três ambientes: recepção, cozinha e vitrine. O cardápio é composto por mais de 30 tipos de doces finos, além de diversas opções de tortas, mini tortas, verrines, sobremesas e bolos especiais para festas. Há ainda grande variedade de maquetes para casamentos. A confeitaria funciona sob encomenda.

Entre os doces que fazem mais sucesso, está o bombom de morango com champagne, o brownie bem-casado, o brigadeiro de crème brûlée e os verrines de chocolate belga. “Nossa produção é toda artesanal, eu tenho o controle de toda a produção, desde a seleção dos produtos até a finalização dos doces e o controle de qualidade”, explica Renata Diniz.

A festa de inauguração será comandada por Anna Barra Produções, com buffet da Corte, ao som do DJ Lowe e da banda BSB Produções. As bebidas ficarão por conta do Club Show Bar e da Casa Perini, e a decoração será realizada por Dercineide Aguiar Decorações. Para descontrair, haverá cabine de fotos da Ilha da Diversão e a equipe do Spa na Festa, com direito a massagem nos pés.

O hobby que se tornou profissão

Especialista em direito tributário, Renata Diniz fazia parte do time de profissionais de um grande escritório de advocacia em São Paulo. Sua maior diversão sempre foi cozinhar. Nas horas vagas, aproveitava para fazer cursos de culinária e para oferecer jantares aos amigos e familiares.

O hobby, no entanto, foi se tornando cada vez mais forte e Renata Diniz decidiu cursar faculdade de gastronomia no Instituto de Gastronomia da América, em Campinas (SP). À medida que ia avançando no curso, mais apaixonada pela gastronomia foi se tornando.

Poucos meses depois não teve dúvida, aos 30 anos de idade largou uma profissão bem-sucedida para seguir o que fazia seu coração vibrar, a confeitaria. “Foi a decisão mais difícil da minha vida e a mais acertada também. Hoje trabalho com o que eu amo. Para mim, a confeitaria é tão prazerosa que não parece trabalho e sim uma terapia”, comenta a chef patissier.

Para atingir a excelência, Renata Diniz fez cursos e especializações com chefs renomados, como Diego Lozano, Edu Guedes, Ana Toscano, Simon Lau e Marcos Livi, nas seguintes áreas: mini bolos decorados, doces finos, tortas finas, finger food para festas, confeitaria artística, pães caseiros, brigadeiros gourmets, biscoitos decorados, chocolates e sobremesas.

Ao terminar sua formação, retornou para Brasília onde montou seu buffet, que há três anos oferece sobremesas para restaurantes, bistrôs e buffets de Brasília e, agora, inaugura sua própria confeitaria.